1. Home
  2. /
  3. Notícias, Notícias Destaque
  4. /
  5. Barilive: Cirurgiões discutem sobre...

Barilive: Cirurgiões discutem sobre cuidados com o estômago no pós-operatório

Notícias / Notícias Destaque

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM) recebeu os cirurgiões bariátricos Newton Kahawara e Mikaell Farias, sob moderação de Roberto Kaiser, para discutir sobre o tema “Como fica o estômago após a cirurgia bariátrica” no Barilive desta terça-feira (10).

Durante o bate-papo, os cirurgiões falaram sobre o tempo para completa cicatrização do estômago. Segundo Newton Kahawara, o tempo de cicatrização é de quatro semanas para recuperação de 90% da força tênsil e reforçou a necessidade de uma alimentação líquida com rigor. “A alimentação inadequada pode causar anastomose, conhecida como fístula, e até o vazamento do alimento para dentro da parede abdominal”, afirma o cirurgião.

Os especialistas também explicaram as especificidades dos métodos cirúrgicos aprovados no país, entre eles o bypass gástrico e a gastrectomia vertical.

“Toda cirurgia bariátrica mexe no estômago e, às vezes, no intestino. No bypass gástrico, o estômago fica com em torno de 25 ml. Já na gastrectomia vertical, ele fica com cerca de 200 ml”, comenta Kahawara, médico formado com Doutorado em Cirurgia pela Universidade de São Paulo, atua como professor de cirurgia no Hospital das Clínicas desde 1988 e membro Fundador da Sociedade Brasileira de Laparoscopia.

“Importante lembrar que não é só a redução que vai fazer com que ele emagreça. A satisfação e a saciedade acaba ocorrendo por conta desse volume menor”, complementa Mikaell Farias, mestrando em Ciências da Saúde pela Famerp, membro da SBCBM, do Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva da Sociedade Brasileira de Gastroenterologia e atua na Kaiser Hospital Dia.

O cirurgião bariátrico e moderador Roberto Kaiser também lembra que além da questão restritiva, com o volume menor do estômago e com mais saciedade, a cirurgia bariátrica também traz benefícios metabólicos como a diminuição da produção de grelina, hormônio responsável pela fome.

Entalos, bagaços e mastigação

Dúvida frequente nos consultórios, as questões sobre os entalos e consumo de bagaços surgiram durante a transmissão. A opinião dos especialistas é unânime: a mastigação é fundamental para evitar a sensação de entalos.

Já o consumo em excesso de alimentos com bagaços podem causar problemas de digestão e os especialistas alertam para os cuidados que são necessários.

“No pós-operatório a longo prazo, a gente tenta evitar alimentos muito fibrosos. Tudo depende da quantidade, mas eu recomendo não consumir com bagaço ou semente”, afirma Kahawara.

“Os alimentos fibrosos, que incluem carnes e frutas, devem ser ingeridos em pedaços pequenos. Com pequena quantidade e em pedaços pequenos, o paciente raramente vai ter alguma complicação”, explica Farias.

Roberto Kaiser também explica que o cuidado que deve ser tomado com a mastigação e o excesso de alimentos com bagaço na dieta podem causar problemas para qualquer pessoa. “Esse cuidado não é somente para quem fez a cirurgia bariátrica. Tivemos casos de obstrução intestinal em que o paciente foi operado em regime de urgência por causa de bagaços de laranja”, conta o mediador. “Tudo em excesso faz mal”, finaliza.

Fome ou vontade de comer?

Após a cirurgia bariátrica, independente do método cirúrgico, os níveis de grelina produzidos pelo estômago caem drasticamente e com isso a sensação de fome. Quando um paciente recém operado relata estar sentindo fome e que precisa se esforçar para se controlar é necessária a atenção de um psicólogo ou psiquiatra, segundo os cirurgiões.

“Às vezes, o paciente não sabe o que é vontade de comer e fome. Se o paciente está com essa compulsão e essa vontade de comer exacerbada, ele deve procurar ajuda do psicólogo da equipe multidisciplinar, ou até mesmo o cirurgião, para encontrar o melhor tratamento”, sugere Farias.

Barilive

O Barilive reúne especialistas que atuam no tratamento da obesidade semanalmente para um bate-papo ao vivo e interativo com internautas que acompanham a página da SBCBM no Facebook.