1. Home
  2. /
  3. Notícias, Notícias Destaque
  4. /
  5. Como a internet pode...

Como a internet pode ajudar o paciente na escolha do cirurgião

Notícias / Notícias Destaque

Como a internet pode ajudar na escolha do cirurgião e da equipe médica que fará o tratamento da obesidade. Este foi o tema do Barilive – transmissão semanal, ao vivo, realizada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM) para tirar dúvidas da população.

O ex-presidente da SBCBM, cirurgião Caetano Marchesini, mediou o debate que contou com a participação do cirurgião bariátrico de São Paulo, Tiago Szego e do cirurgião bariátrico de Curitiba, José Alfredo Sadowski.

Caetano Marchesini iniciou o debate falando sobre a influência da internet na busca de informação sobre tudo que interessa ao público.

“A internet está aí para nos ajudar no que for necessário. No entanto, quando se trata de saúde, é importante que tenhamos um filtro maior. O paciente deve tomar cuidado porque, às vezes, ele pode começa a pesquisar e terminar a sua pesquisa mais confuso ainda”, destacou Caetano.

Os cirurgiões foram unânimes  em dizer que o site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM) é a fonte mais segura para informações relacionadas com a cirurgia para o tratamento da obesidade.

“O site da sociedade é o que dará informação sem nenhum viés ou influência”, disse Caetano. O cirurgião José Alfredo Sadowski reforçou: “No Brasil , o site da SBCBM é feito para o paciente e traz tudo o que ele precisa saber sobre o procedimento e para quem ele é indicado”, lembrou.

Tiago Szego destacou que no site da SBCBM o paciente pode encontrar o cirurgião e equipe multidisciplinar capacitada, por estado, cidade e região do país.

“É fundamental para a segurança do  paciente que a cirurgia e o acompanhamento sejam feitos por um profissional filiado à SBCBM, que exige tempo de atuação e capacitação para a filiação”, completou Szego.

Também foram mencionados como dica de critérios para a escolha do médico a inscrição no Conselho Federal de Medicina (CFM) , currículo, participação em eventos nacionais e internacionais para atualização científica, entre outros.

“A cirurgia bariátrica é uma especialidade e as pessoas devem ficar atentas ao conhecimento técnico e habilidade da equipe médica”, enfatizou Tiago Szego.

Outro ponto mencionado pelo cirurgião José Alfrdo Sadowski foi a escolha do Hospital em que o procedimento será realizado.

“Privilegiar hospitais bons vai refinar a busca pelo profissional. É fundamental para a segurança do paciente ser operado em um hospital credenciado para a realização da cirurgia bariátrica e metabólica. Além disso, saber como é o atendimento no pós-operatório também é super importante”, reforçou.

Tiago Szego alertou os telespectadores para o fato que os primeiros sites que aparecem nos sites de busca são sempre patrocinados ou anúncios pagos.

“Isso não significa que o primeiro link de clínica que aparece será a melhor. Quem está procurando fazer a cirurgia deve pesquisar mais afundo e ultrapassar a primeira página dos sites de busca”, mencionou.

Consulta online  – A telemedicina ou consulta online também foram abordadas no Barilive desta semana.

Para os debatedores a consulta entre médico e paciente dificilmente será substituída pela internet.

“Precisamos estar atentos para detalhes importantes que apenas a consulta permite como, por exemplo, ver a cor do paciente, a forma de andar, unhas cabelos. Além disso, não existe ainda uma forma de medir o pulso e aferir pressão pela internet”, frisou Caetano Marchesini.

Para José Alfredo Sadowski a telemedicina é uma realidade, mas precisa ser regulamentada para qualquer tipo de atuação. “Precisaremos chegar a denominadores comuns para atender bem o paciente”, destacou.

Ele disseram ainda que a tecnologia pode auxiliar em casos rápidos, quando a pessoa é paciente do médico e precisa apenas tirar alguma dúvida antes ou depois dos procedimentos.

Outros temas –  Entre os temas abordados, tratamentos milagrosos anunciados na internet para emagrecimento rápido, o  uso de redes sociais para expor opiniões pessoais sobre a cirurgia, tipos de cirurgia e acompanhamento multidisciplinar.

 

*Se você perdeu o Barilive desta semana, basta acessar o Facebook da SBCBM e assistir o programa na íntegra.