Quem somos

  1. Home
  2. /
  3. Diretoria e Comissões

Diretoria e Comissões

conexao-salao-de-metal-medico-brilhante_1134-1080

Presidente

Caetano Marchesini (PR)

Vice-Presidente

Eudes Godoy (RN)

1º Secretário

Marcelo Girundi (MG)

2º Secretário

Mauricio Emanuel (RJ) Mé...

1º Tesoureiro

Alexandre Amado Elias (S...

2º Tesoureiro

Luiz Cláudio Chaves (PA)...

Vice-Presidente Executivo

Luis Vicente Berti (SP)

Diretor Societário

Fabio Viegas (RJ)

Diretor Médico

Marcos Leão (BA)

Diretor Técnico-Cientifico

Roberto Luiz Kaiser Jr. ...

Capítulos 2017/2018
No items found.

Comissões

Desenvolver as estratégias de capacitação e atualização técnica e científica.

Trabalhar de forma integrada com a Comissão de Cursos e Eventos e Comissão Científica Permanente na estruturação de um calendário de eventos científicos regulares, definindo seu conteúdo e formato.

Revisão, atualização e criação de novos consensos e rotinas da SBCBM.

Integrantes:

  • Roberto Rizzi – SP
  • Luis Alberto De Carli – RS
  • Roberto Luiz Kaiser – SP
  • José Afonso Sallet – SP
  • Marcus Dantas – RJ

Desenvolver trabalho articulado com o corpo editorial da revista garantindo espaço para publicações de nossos associados.

Criar e implementar estratégia de incentivo para publicações de nossos sócios na revista.

Manter sintonia com a diretoria executiva da SBCBM e seu Departamento Societário nas discussões sobre sua participação na revista e as relações comerciais envolvidas.

Trabalhar de forma integrada com o Departamento Societário no desenvolvimento de conteúdo científico para o Boletim da SBCBM.

Integrantes:

  • Paulo Nassif – PR
  • Fábio Almeida – SE
  • Alexander Morrel – SP
  • Antônio Carlos Valezi – PR
  • Marco Aurélio Santo – SP

Planejar e dar as diretrizes do conteúdo científico e formato de atividades do congresso anual da SBCBM trabalhando de forma integrada com a comissão organizadora.

Planejar e executar um calendário anual com os cursos regionais. Definir critérios para concessão de apoio da SBCBM a cursos ou eventos de natureza científica.

Trabalhar de forma integrada com as comissões de educação continuada e científica permanente no desenvolvimento de estratégias de capacitação e atualização científica de nossos associados.

Classificação e chancelamento dos cursos baseado em horas aula e módulo prático ou não.

Integrantes:

  • Luiz Cláudio Chaves – PA
  • Luiz Moura – CE
  • Jorge Ruttkai Pereira – RS
  • James Câmara – MS
  • Abdon Murad Jr – MA
  • Márcio Café – BA

Coordenar todas as ações científicas das comissões e trabalhar de forma integrada com os demais Departamentos na sua execução analisar e definir estratégias para o desenvolvimento e trabalhar junto aos órgãos reguladores nas discussões a relacionadas a novos procedimentos.

Criar e administrar banco de dados nacional em cirurgia bariátrica e metabólica. Implementar estratégias de integração da SBCBM com universidades e centros de pesquisa.

Buscar fomento para desenvolvimento de pesquisas junto a órgãos públicos e privados e coordenar sua execução e destinação.

Trabalhar em sintonia com as comissões de educação continuada e de congressos e eventos no planejamento do conteúdo científico do congresso brasileiro anual e demais eventos regionais.

Integrantes:

  • João Ettinger – BA
  • Manoel Roberto Maciel Trindade – RS
  • Sérgio Santoro – SP
  • Álvaro Ferraz – PE
  • Dênis Pajecki – SP

Estimular e treinar cirurgiões nesta nova modalidade de tratamento da obesidade. Trabalhar de forma integrada com as comissões: científica permanente, de educação continuada e de congressos eventos no sentido de desenvolver uma estratégia de capacitação de endoscopistas de todo país no tratamento endoscópico das complicações da cirurgia bariátrica e metabólica.

Assessorar as demais comissões nas questões específicas da endoscopia bariátrica em suas estratégias de trabalho.

Desenvolver, em sintonia com o Departamento Societário, estratégia de integração com as demais sociedades relacionadas com a área, particularmente com a SOBED procurando certificar de forma conjunta com esta entidade os membros da SBCBM.

Acompanhar, analisar e estimular o estudo para os novos procedimentos endoscópicos terapêuticos primários para obesidade e síndrome metabólica.

Integrantes:

  • Manoel Galvão Neto – SP
  • Luiz Henrique Sousa – GO
  • Luiz Gustavo Quadros – SP
  • Eduardo Grecco – SP
  • João Antonio Schemberk – PR

Desenvolver e implementar ações que permitam a adequada divulgação e o acesso à cirurgia robótica pelos nossos associados.

Trabalhar de forma integrada com as comissões científica permanente, de educação continuada e de congressos eventos no sentido de desenvolver uma estratégia de capacitação na cirurgia robótica.

Assessorar as demais comissões para inclusão da cirurgia robótica em suas estratégias de trabalho como nas iniciativas de educação continuada, publicações e eventos.

Integrantes:

  • Carlos Eduardo Domene – SP
  • Carlos José Saboia – RJ
  • Luiz Alfredo Vieira D’Almeida – RJ
  • Roberto Rizzi – SP
  • Wladimir Schraibman – SP
  • Rodrigo Papadopoulos – CE

Com o passar dos anos, a popularização da Cirurgia Bariátrica e o crescimento do número de cirurgiões, vimos que os honorários médicos em todos os estados foi perdendo sua força e seu valor. Em algumas cidades o aviltamento é gritante, e atividade bariátrica absolutamente desvalorizada. Por outro lado, ainda temos alguns poucos lugares onde ainda se consegue uma remuneração adequada. Esse sempre foi uma frente de batalha da nossa Sociedade, e , apesar de figurar como um dos maiores anseios dos nossos associados as tentativas tem sido muitas vezes frustradas por inúmeros fatores.

Desenvolver um trabalho para tentar resgatar e valorizar a remuneração da CB é de vital importância e representará um legado de valor imensurável para todos nós. Trabalharemos firmemente nesse sentido. Buscaremos detalhar a realidade de cada região, destrinchando as relações com as fontes pagadoras, cooperativas e hospitais. Aprenderemos com os bons exemplos e buscaremos as soluções para cada região. Após o diagnóstico das regiões prioritárias, promoveremos encontros com os capítulos no formato de “força tarefa” através de micro simpósios in loco com a presença de todos.

A comissão agirá como mediadora de conflitos e catalisadora de acordos para fortalecer a unidade médica e buscar negociações efetivas. A SBCBM, apoiada pelo respectivo capítulo e seus parceiros locais, arcará com os custos da comissão e com o aluguel de salas de reunião e hotéis. A partir de relatórios fornecidos pelos presidentes de cada capítulo elegeremos as prioridades de ação e a sequência de estados que trabalharemos. Os locais com maior chance de sucesso serão os primeiros. Poderemos agrupar mais de um estado de uma mesma região no mesmo momento para otimizar tempo e custos. Os simpósios ocorrerão trimestralmente a partir de março de 2017.

O segundo foco dessa comissão está na área jurídica, ao lado de um escritório de advocacia contratado pela SBCBM para prestar assessoria jurídica ao associado.

O Objetivo é atuar na prevenção, no aconselhamento e na solução de conflitos. Solicitaremos pareceres jurídicos com as principais demandas do cirurgião e as divulgaremos como um aconselhamento ao associado. Essa atuação poderá partir de um escritório único para todo o país ou de soluções locais. Elaboraremos modelos de consentimento informado para cada técnica cirúrgica, incluindo modelos específicos para cirurgia metabólica, cirurgia no adolescente, estudar as novas técnicas cirúrgicas do ponto de vista legal entre outras. Buscaremos uma seguradora especializada em Responsabilidade Civil para oferecer um plano adaptado ao nosso perfil, dirigido especificamente ao membro da sociedade.

Integrantes

  • Antonio Carlos Sena – PR
  • José Alfredo Sadowski – PR
  • Maurício Emanuel – RJ
  • Márcio Café – BA
  • Heládio Feitosa – CE

Visando dar maior produtividade às clínicas e consultórios dos membros da Sociedade criaremos cursos e cartilhas com orientações administrativas. Formularemos manuais, Folders e cartazes com informações sobre as diversas técnicas cirúrgicas para que os sócios possam fornecer aos pacientes.

Esse modelo poderá ser customizado para cada clínica através da adição de suas respectivas marcas aos documentos que serão entregues em formato eletrônico, em PDF, os quais serão impressos pelo próprio serviço. Será cobrado um valor pré-estipulado pela SBCBM do respectivo membro que solicitar o material personalizado.

Integrantes

  • Leonardo Sebba
  • Marcos Dantas
  • Manoela Galvão
  • Irineu Rasera
  • Fábio Almeida

Essa comissão tem o objetivo de assessorar cirurgiões que estejam em fase de formação/sedimentação de sua prática bariátrica e/ou estejam vivenciando situações críticas de complicações. Sua atuação pode ser de caráter preventivo, treinando equipes e avaliando todo o contexto do cirurgião, ou atuar pontualmente dando assistência presencial ou remota quando o associado tiver algum problema e necessite auxílio.

Os membros da comissão após a análise dos casos farão relatórios apontando os principais pontos que deveriam ser melhorados para evitar futuros problemas e/ou orientar e aconselhar o cirurgião nos casos específicos. Todos as ações dessa comissão deverão estar absolutamente resguardadas e protegidas por pactos de confidencialidade e sigilo. Os consultores serão remunerados por diária e terão as despesas de passagem e hospedagem igualmente cobertas.

Integrantes:

  • Heitor Póvoas – BA
  • Igor Malheiros – RN
  • Alexander Morrel – SP
  • Wagner Herbert Sobottka – PR
  • Augusto Tinoco – RJ

O trabalho da Comissão do SUS começará com um diagnóstico detalhado do número de serviços e cirurgias realizadas em cada unidade da federação. Precisamos saber os tipos de cirurgias realizadas, perfis dos serviços, remuneração e modelos de cobrança em cada local.

Em seguida deveremos elaborar uma cartilha com os passos, com dicas e orientações para se montar um serviço credenciado do SUS, otimizar a cobrança dos honorários e dos repasses daqueles serviços que já funcionam. A ideia é ampliarmos a rede do SUS, mostrarmos à sociedade toda nossa preocupação com o atendimento da população carente, melhorar a visibilidade, garantir acesso a todos que precisem, fazer jus ao trabalho institucional que enquanto sociedade cientifica podemos realizar.

Promoveremos cursos ao vivo e on line com os diretores e os operadores administrativos dos serviços bem como para todos os interessados.

Integrantes

  • Maria Galzuinda
  • Claudio Corá Mottin
  • Alcides José Branco
  • Wagner Herbert Sobotka
  • Igor Malheiros

Diretor – Dr. Fabio Viegas

O Departamento Societário tem como objetivo cuidar administrativamente da SBCBM:

  • Melhorar e gerenciar os processos.
  • Organizar as informações, banco de dados, dados estatísticos.
  • Cuidar da imagem, da mensagem que queremos dar ao público interno e externo.
  • Organizar nossas legislações, nosso processo eleitoral.
  • Cuidar do relacionamento intersocial interno e internacional.
  • Organizar e ordenar as rotinas e atribuições dos nossos colaboradores.
  • Estabelecer relacionamentos com as empresas pagadoras.
  • Criar políticas para as cirurgias bariátricas e para os novos cirurgiões.
  • Aconselhar e dar apoio logístico ao Presidente.

Desde o início da SBCBM a COESAS teve um papel de destaque na nossa Sociedade. Com o crescimento do número de participantes existe agora a necessidade de desmembrar a COESAS por especialidades e não mais agrupar em um único grupo sem identidade.

Tal ação administrativa tem a intenção de melhorar e aprofundar as discussões de cada membro COESAS.

A partir de 2017 a COESAS será reorganizada em NÚCLEOS por especialidades, sempre com o objetivo de aumentar o número de participantes e focar mais nos interesses de cada núcleo, sendo assim teremos:

Comitê de Saúde Mental. (Psicologia e Psiquiatria).

Comitê de Saúde Alimentar. (Nutrologia e Nutricionistas)

Comitê de Saúde Física e Reabilitação. (Fisioterapeutas e Professores de Educação Física).

Comitê de Saúde Clínica e Assistencial. (Endocrinologistas, Clínica Médica, Terapia Intensiva,Cardiologistas e etc.).

Conselho de especialistas

Cada Núcleo COESAS terá um Presidente, Vice-Presidente e um Conselheiro, todos Membros da COESAS da SBCBM e que terão a responsabilidade de gerenciar e organizar o seu Núcleo.

** A indicação do núcleo e de seus componentes é Ad referendum do Presidente.

Essa Comissão tem por objetivo ampliar o contato Inter societário, estimular a produção e o contato científico em comum, promovendo encontros, eventos, discussões, grupos de pesquisa, bem como co-participar em eventos científicos promovidos na intenção de divulgar a cirurgia bariátrica.

Sociedades Representadas – SBAD, SBEM, ABESO, CBC (cardiologia), SBOT, CBC e CBCD e SOBRACIL.

Integrantes:

  • Celso Empinotti: Sociedade Brasileira Ortopedia e Traumatologia – SBOT
  • Josemberg Campos: Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva – SOBED
  • Almino Ramos: Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva – CBCD
  • Carlos Eduardo Domene: Sociedade Brasileira de Cirurgia Laparoscópica –
  • SOBRACIL.
  • João Batista Marchesini: Colégio Brasileiro de Cirurgiões – CBC
  • Jefferson Taguti: Sociedade Brasileira de Cardiologia – CBC
  • Luis Vicente Berti: Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – SBEM
  • Thomaz Szego: Associação Brasileira de Estudos da Obesidade – ABESO.
  • Galzuinda Maria Figueiredo Reis: Sociedade Brasileira de Obstetrícia e Ginecologia da Infância e Adolescência – SOGIA

Tem como uma de suas principais intenções estabelecer e criar políticas de intercâmbio de conhecimento e de cultura científica, estabelecer o protagonismo e a liderança científica brasileira no cenário internacional, colaborar cientificamente em conjunto e representar nossa sociedade em eventos científicos.

Integrantes:

  • Ricardo Cohen. Representante junto a ASMBS.
  • Almino Ramos. Representante junto a IFSO, Europa, Ásia e Oceania.
  • Luis Vicente Berti. Representante junto a América Central e Latina.

Esta comissão tem como principal razão de existência a presença cada vez maior das mulheres dentro da cirurgia bariátrica. A referida comissão tem como objetivo estudar políticas que sejam transformadores para esse universo, contribuindo assim para melhorar o ambiente de trabalho, valorizando a mulher enquanto profissional.

Integrantes:

  • Galzuinda Maria
  • Adriana Zanini
  • Teresa Saboia
  • Solange Bettini
  • Juliana Almeida
  • Luciana El Kadre

Divulgar a informação corretamente e a base da boa comunicação.

Marketing interno

É observável que Sociedades que praticam o marketing interno tendem ao sucesso por meio da capacitação, motivação e informação dos membros, pois isso faz com que ele se sinta valorizado e fortalece os laços internos, que acabam refletindo na relação com o membro. É muito importante, independente do porte da Sociedade que funcionários, colaboradores e membros estejam motivados e que acreditam no potencial e importância da Sociedade para que “vendam” no mercado uma imagem de excelência, confiabilidade e profissionalismo da organização em que participam.

Criar confiança

Ser sincero, criar um clima de confiança entre os colaboradores, funcionários e quem mais estiver dentro da Sociedade é essencial dentro do marketing interno.

Treinamento e capacitação dos funcionários

Oferecer treinamento aos funcionários, ter funcionários motivados e capacitados é uma estratégia de marketing interno, pois faz com que os funcionários se sintam valorizados e, inconscientemente, motiva-os a passar uma imagem positiva da Sociedade.

Comunicação interna

Criar um ambiente onde é possível ouvir e falar com o Membro ou usuário, conhecer suas ideias, opiniões, críticas e elogios a administração, auxilia muito no crescimento da Sociedade e na estratégia de marketing da mesma.

Suporte

Criar um canal de informações técnicas de desenvolvimento e de comunicação técnica com o Membro, atualizando-o tecnicamente e mantendo-o up to date com os avanços da cirurgia bariátrica.

Marketing externo

O marketing externo é o mais tradicional e já é realizado pela Sociedade para o paciente. Precisamos apenas aprimora-lo. É aqui que entram diferentes ferramentas de divulgação, como: publicidade, propaganda, assessoria de imprensa, etc. O objetivo e de promover e divulgar a cirurgia bariátrica e metabólica, esclarecendo sobre as vantagens de realizar o tratamento cirúrgico. As Mídias sociais devem fazer parte de um plano estratégico de marketing. Para implantar isso, é necessário um conhecimento profundo de comportamento do consumidor, produto, marca, foco, fidelização, varejo, distribuição – itens fundamentais de marketing que irão determinar como, quando e em quais circunstâncias utilizar. O objetivo aqui e prestar serviço.

Meta de curto prazo

Refazer o site da SBCBM tornando-o mais clean, revisando as informações, criando mais imagens e com um maior número de informações visuais.

Transformar o site em um portal informativo acrescido de Serviços interativos para o usuário. Exemplo: realizar pagamentos, interagir com outros sites linkados, entrar em bibliotecas virtuais, fazer downloads de livretos informativos, cartazes e etc. Enviar documentos pessoais, fazer inscrições, votar, apresentar propostas, baixar programas.

Obter cálculos de dívidas, obter certidões, banco de oportunidades, baixar artigos científicos e etc.

Criar nosso Banco de Dados e o programa de gerenciamento.

Criar área de patrocinadores por classificação.

Criar o BARIBOOK, um tipo de FACEBOOK interno na forma de aplicativo de comunicação interna e que sera usado para importar dados, criar listas e salas de discussão, criar VIDEOTECAS, acessar MEDLINE e outros, banco de fotos, entre outros.

Meta de Médio Prazo

Criar uma biblioteca virtual da própria SBCBM.

Ter um banco de dados capaz de formular e propor políticas públicas.

Criar e ter uma revista científica virtual da SBCBM ou se associar com alguma já existente.

Realizar EAD (ensino a distância), palestras e simpósios.

Criar um banco de filmes, aulas e simpósios para serem vendidos, bem como ter outros artigos de arrecadamento como Botons, camisas, gravatas e etc.

Criar um sistema de classificação de cursos e serviços on line, de modo a facilitar o registro e obter a Classificação com a CHANCELA SBCBM.

Iniciar o processo de certificação on line.

Meta de Longo Prazo

Criar uma fundação de auxílio à pesquisa para captar recursos para pesquisa via SBCBM.

Desenvolvimento de Campanhas populares.

Loja Virtual para livros, filmes, aulas, gravatas e etc.

Criar política de participação na aprovação de produtos junto às agências.

Integrantes:

  • James Câmara
  • Felipe Koleski.
  • Carlos Frota Dilemburg
  • Renato Souza
  • Manoel Galvão Neto
  • Roberto Luis Kaiser

A principal aplicação de Banco de Dados é controle de informações. Ter o poder da informação transforma o banco de dados no coração, na base de toda política Societária. Medir os dados no presente torna nosso caminho pavimentado no futuro. Por conceito um banco de dados “é uma coleção de dados inter-relacionados, representando informações sobre um domínio específico”, ou seja, sempre que for possível agrupar informações que se relacionam e tratam de um mesmo assunto, posso dizer que tenho um banco de dados. Já um sistema de gerenciamento de banco de dados é um software que possui recursos capazes de manipular as informações do banco de dados e interagir com o usuário. Exemplos são os programas: Oracle, Access, Paradox, entre outros. Por último, temos que conceituar um sistema de banco de dados como o conjunto de quatro componentes básicos: dados, hardware, software e usuários.

No nosso caso um banco de dados deve seguir duas linhas distintas e possíveis. Primeiro fazer parte do banco de dados que está ligado a IFSO. A segunda consiste em criar um banco de dados próprio, independente, que pode alimentar ou não o banco de dados IFSO. Obviamente que o objetivo da IFSO e o mesmo que o nosso, ter a informação. A Dendrite iniciou suas atividades em 1993 na UK e hoje desenvolve sistemas para a IFSO, Brasil Índia e Turquia, não encontrei registro de que prestam serviços para UK. Portanto a discussão consiste na criação ou não de um banco de dados próprio, nos custos de ter ou não a DENDRITE, de criar algo mais especifico para o Brasil, de alimentar corretamente e de ensinar aos demais como fazer.

Integrantes:

  • Marcos Fernandes
  • Wilson Cantero
  • Felipe Koleski
  • Celso Empinotti
  • Manoel Galvão Neto
  • Isaac Walker

Estudar as alterações necessárias para modernização do Estatuto e Regimento Interno. Criar e melhorar o sistema eleitoral. Atualizar e modernizar o atual Estatuto e Regimento, propondo mudanças que acompanhem o estado atual.

Propor um processo eleitoral mais simplificado.

Integrantes:

  • Thomas Szego
  • José Tarcísio Zovico
  • Gabriel Vargas
  • Marçal Rossi
  • Jeferson Diel

O Programa Jovem cirurgião será uma bem-sucedida experiência de inserção de jovens no mercado de trabalho. O programa será um dos principais desenvolvedores dos futuros cirurgiões bariátricos, assumindo desde o cadastramento até a orientação destes profissionais.

Os jovens selecionados passarão por cursos de qualificação e receberão o apoio de equipes que os acompanharão junto de seus serviços, orientando-os e qualificando-os da melhor maneira possível. Para garantir a excelência do serviço prestado disponibilizaremos amplo material didático, acesso a pesquisas e banco de dados, contato direto com profissionais mais experientes, cursos continuados de formação dados pela própria sociedade, oportunidade de treinamento prático, bem como capacitação científica.

Integrantes:

  • Thiago Szego
  • Marcus Dantas
  • Carlos Saboia
  • Erivaldo
  • Cassio Ricardo Wietzikoski.
  • Felipe Rossi

A atribuição do título de MEMBRO TITULAR e a regulamentação deste exercício e o objeto principal desta Comissão e constitui um dos principais objetivos que justificam a natureza desta associação profissional. A importância que se deve dar aos procedimentos conducentes à atribuição do título de Membro Titular aos profissionais detentores desta CAPACITAÇÃO E DE FUNDAMENTAL IMPORTÂNCIA PARA A SOBREVIVÊNCIA DESTA SOCIEDADE.

No que respeita à criação da Comissão de Admissão, espera-se que ela se realize em simultâneo com o início desta administração, momento em que já deveremos ter aprovado um novo estatuto e regimento, com mudança nas regras para essa admissão, outrossim ela estará impossibilitada de atuar eficazmente. Caso não aprovarmos o regulamento de Admissão será necessário aprovar as novas regras mesmo que provisoriamente via decreto provisório do Presidente.

Sendo a Assembleia Geral o único órgão com competência para aprovar o regulamento, teríamos que esperar até à realização de uma próxima sessão, que normalmente acontece durante o Congresso Brasileiro. Sendo assim, julgo ser pertinente propor a aprovação de um Regulamento Provisório de Admissão, cujo tempo de vigência será o necessário para a estruturação da Comissão de Admissão e para o aprofundamento da problemática da atribuição do título de Membro Titular e de suas formas de qualificação, bem como da regulamentação e reconhecimento de Títulos de Área de Atuação ou equivalentes legais, ACREDITAÇÕES (CCBB) e etc.

Integrantes:

  • Aparecido Valadão
  • Carlos Saboia
  • André Brandalise
  • Antelmo Sasso Fin
  • Heládio Feitosa.
  • José Pareja

Presidente
Caetano Marchesini (PR)

Vice-Presidente
Eudes Godoy (RN)

1º Secretário
Marcelo Girundi (MG)

2º Secretário
Mauricio Emanuel (RJ)

1º Tesoureiro
Alexandre Amado Elias (SP)

2ºTesoureiro
Luiz Cláudio Chaves (PA)

Vice-Presidente Executivo
Luis Vicente Berti (SP)

Diretor Societário
Fabio Viegas (RJ)

Diretor Médico
Marcos Leão (BA)

Diretor Técnico-Cientifico
Roberto Luiz Kaiser Jr  (SP)

Diretor – Dr. Marcos Leão.

O Departamento Médico (DM) tem como objetivo principal implementar serviços voltados para o dia-adia do associado, trabalhando para incrementar os honorários junto às fontes pagadoras, junto às instituições governamentais e com isso melhorar a eficiência do trabalho diário.

O Departamento Médico (DM) será composto de quatro comissões que se reportarão ao Vice-Presidente Executivo do Departamento, Marcos Leão Vilas Boas e a presidência da SBCBM. Além desses, os Drs. Kaiser e Fábio Viegas que dirigem respectivamente os Departamentos Técnico-científico e Societário, estarão acompanhando todas ações dessas comissões e poderão, a qualquer momento, interagir e demandar questões a este departamento.

Diretor –  Dr. Roberto Luiz Kaiser Jr.

Dentro da nova estrutura organizacional que será implementada na nossa SBCBM, este departamento será responsável pelas estratégias, iniciativas e ações que visam uma melhor qualificação científica e técnica na área da medicina bariátrica e metabólica para nossos sócios e parceiros.

Trabalhando de forma integrada com comissões específicas e com os outros dois departamentos, Médico e Societário, desenvolveremos as seguintes atividades prioritárias:

1. Gerenciamento e Organização da parte Cientifica do Congresso Brasileiro

A maior ação científica e societária em nossa área e de grande responsabilidade para a diretoria da nossa SBCBM que pela sua complexidade e abrangência, será criada uma comissão especialmente destinada para planejá-lo, executar as ações necessárias para que possa atingir o sucesso habitual e que possamos melhorá-lo ainda mais no sentido de atender às necessidades de nossos novos sócios, alinhados com o que há de mais atual e produtivo no sentido científico, social e na oportunidade de negócios para SBCBM com parceiros da área.

2. Educação continuada

Sem dúvida o maior desafio e foco de trabalho para nosso departamento na nossa gestão. Planejamos uma série de ações no sentido de manter nosso sócio atualizado e com os recursos necessários para a execução segura e eficaz da sua prática bariátrica e metabólica.

3. Algumas estratégias a serem implantadas:

4. Curso à distância de capacitação e atualização com módulos curtos e regulares administrados por experts de nossa SBCBM e outras Sociedades parceiras de áreas afins.

5. Disponibilização de um acervo de recursos técnicos e científicos para acesso on line em nosso “site” que será totalmente reformulado como:

  • Biblioteca de artigos selecionados e com foco em diretrizes, “guidelines”, nas principais áreas relacionadas à nossa prática.
  • Videoteca com procedimentos realizados pelos nossos sócios de forma a possibilitar o compartilhamento de uma experiência fantástica que temos no país promovendo a troca de experiências e integração na nossa SBCBM.
  • Informações úteis para tomada de decisões no dia a dia da cirurgia bariátrica e metabólica.

I. Desenvolvimento de estratégias para capacitação e atualização com foco em temas fundamentais para o cirurgião bariátrico e metabólico atual como:

II. Diabetes Mellitus para o cirurgião bariátrico.

III. Terapia intensiva do paciente obeso.

IV. Nutrição bariátrica.

  1. Metabolismo intermediário.
  2. Cuidados pré e pós-operatórios em cirurgia bariátrica na filosofia “ERAS”.
  3. Endoscopia bariátrica

V. Cirurgia robótica.

VI. Medicina baseada em evidências.

  1. Bases da pesquisa clínica.
  2. Aprimoramento do uso do Grupo Clube BR – SBCBM no aplicativo Telegram para discussão de casos clínicos, compartilhamento de material científico, troca ágil de informações e suporte técnico aos sócios de todo país.
  3. Desenvolvimento de aplicativo próprio da SBCBM com a finalidade de otimizar o uso da internet em dispositivos móveis, “tablets ou celulares”, para o acesso ao acervo técnico da SBCBM e interação com a diretoria e demais sócios com recursos personalizados e adequados às nossas necessidades e estratégias.
  4. Nossa revista oficial – Arquivos Brasileiros de Cirurgia Digestiva. Trabalharemos em uma estratégia de fortalecimento do nosso órgão oficial de publicações no sentido de nosso sócio seja incentivado para publicar mais em nosso canal oficial da SBCBM. Trata-se de uma revista indexada no PubMed, uma grande conquista, que proporciona visibilidade garantida na literatura internacional para nossas publicações e seus autores.

A SBCBM tem um custo importante na manutenção e impressão do periódico o que nos motiva a caminhar em direção ao acesso virtual, resguardando a impressão sob a demanda dos sócios.

6. Cursos e Eventos – Criamos uma comissão especialmente destinada a trabalhar em estratégias de incentivo para realização de cursos e eventos regionais regulares ou eventuais de qualidade. Algumas das principais iniciativas nessa área são:

  • I. Cursos regionais presenciais promovidos pela SBCBM com conteúdo e formato previamente estabelecidos e com agendamento anual a serem realizados em todas as regiões do país com alternância das cidades sedes.
  • II. Curso de imersão em temas importantes, como nutrição bariátrica, para a prática de nosso associado no formato “ATLS” ou “TNT” com uma equipe de “experts” da SBCBM.
  • III. Estímulo e apoio logístico, científico e financeiro para eventos promovidos por nossos sócios.
  • IV. Classificação de chancelamento dos cursos baseado em horas aula e módulo prático ou não.
  1. Consenso – Diretrizes em Cirurgia Bariátrica e Metabólica.

Faremos uma atualização, revisão e criação de novos consensos e rotinas adequando-os às recentes evidências científicas para que possa servir como guia aos nossos associados na sua prática diária,  fornecendo respaldo legal, servindo como diretriz também à comunidade científica nacional e internacional para boa prática na área da medicina bariátrica e metabólica.

8. Novos Procedimentos

O avanço do conhecimento tem trazido evidências de novos mecanismos importantes nas nossas operações o que nos obriga a rever os modelos

tradicionais baseados no binômio restrição e má absorção aprimorando sua eficiência e desenvolvendo alternativas científicas mais adequadas. Nesse sentido, entendemos ser fundamental que a SBCBM atue no sentido de estimular estudos adequados de eficácia e segurança de qualquer novo modelo de procedimentos bariátricos e metabólicos e que trabalhe na validação e certificação junto aos órgãos reguladores da prática médica no nosso país dos que forem considerados adequados. O modelo de estudo será através de entidades de ensino não comprometidas com o autor da nova técnica, que apenas irá participar da formação do protocolo e orientação nos primeiros procedimentos ( o que já irá avaliar reprodutibilidade).

9. Informes Científicos

Trabalhando em sintonia com o Departamento Societário,

analisaremos o conteúdo científico e faremos as devidas correções e recomendações para veiculação em: Site oficial da SBCBM, Boletim oficial da SBCBM, Mídia leiga.

10. Estudos Científicos

Criaremos uma estrutura para capacitação e suporte aos associados no desenvolvimento de pesquisas e coordenação de estudos multicêntricos  de temas de impacto na área da cirurgia bariátrica e metabólica. As comissões desse Departamento e suas principais atribuições são:

Resumo da Comissão de Educação Continuada

Desenvolver as estratégias de capacitação e atualização técnica e científica. Trabalhar de forma integrada com a Comissão de Cursos e Eventos e Comissão Científica Permanente na estruturação de um calendário de eventos científicos regulares, definindo seu conteúdo e formato. Revisão, atualização e criação de novos consensos e rotinas da SBCBM.

Integrantes:

  • Roberto Rizzi – SP
  • Luis Alberto De Carli – RS
  • Roberto Luiz Kaiser – SP
  • José Afonso Sallet – SP
  • Marcus Dantas – RJ