Blog

Emagrecer e perder peso não é a mesma coisa: entenda qual a diferença

COESAS / Educação Física / Multidisciplinar / Notícias / Obesidade

881-BXAcompanhar a redução do peso apenas pelo número indicado na balança não é o melhor método para avaliação do sucesso do tratamento

 

Você está firme na academia, dedicado nos exercícios e comprometido com uma dieta saudável, mas o ponteiro da balança teima em não baixar. É então que uma dúvida, muitas vezes angustiante, pode surgir: por que não consigo perder mais peso? Este tipo de sensação é comum e tem uma explicação: perder peso não é a mesma coisa que emagrecer. E isto é muito importante!

 

“Perder peso é reduzir o montante do valor numérico de sua massa corporal total. Já emagrecer é reduzir o percentual de gordura do corpo”, explica o educador físico Marcos Oliveira, mestre em ciências endocrinológicas pela UNIFESP e integrante da Comissão de Especialidades Associadas da SBCBM (COESAS-SBCBM).

 

Em primeiro lugar é preciso esclarecer os tecidos que compõe o corpo humano. Basicamente existem três tipos:

– Massa de gordura.

– Massa livre de gordura (massa muscular, massa óssea, cartilagens, ligamentos e tendões).

– Fluídos extra e intracelulares.

 

Esta é uma diferença importante. Quem reduz o peso sem fazer exercícios acaba perdendo massa muscular e mantendo tecido adiposo. “A massa muscular apresenta maior densidade que a gordura. Por isso ocupa menos espaço no corpo. Com isso, muitas vezes a pessoa pode reduzir sua massa de gordura e mesmo assim não notar grandes reduções na balança”, explica Marcos Oliveira.

 

É por isto que acompanhar a redução do peso apenas pelo número indicado na balança não é o melhor método para avaliação do sucesso do tratamento. O ganho de massa muscular pode mascarar a perda dos quilos em excesso. “A realização de exames de composição corporal como a bioimpedância, por exemplo, constitui uma das melhoras maneiras de mensurar a evolução do emagrecimento no paciente”, esclarece o educador físico.

 

Dicas para exercícios

Apesar de ser importante reduzir o peso, quem faz isso praticando atividades físicas tem benefícios adicionais. Seu corpo fica mais preparado para tarefas diárias, há ganho de energia, força e disposição e a imagem corporal tende a melhorar.

 

O professor Marcos Oliveira lista sete dicas importantes para quem deseja colocar o corpo em movimento para emagrecer e não somente perder peso:

 

– Escolha uma atividade que gosta de fazer, isso ajuda na motivação.

– Monte uma programação e sempre que possível, procure realizar exercícios nos mesmos horários. Isso ajuda a criar uma rotina.

– Chame um amigo para acompanhá-lo para manter a motivação.

– Mantenha regularidade na prática de atividades físicas: quem se exercita sem frequência pode ter um risco de lesões maior.

– Tenha metas e seja realista na hora de criá-las. Esperar resultados imediatos também é um erro. O comportamento imediatista é uma das principais causas da frustração e falta de adesão aos exercícios.

– Tome cuidado com as dietas da moda e tenha sempre o acompanhamento de um nutricionista.

– Procure sempre a orientação e o acompanhamento de um profissional de educação física. Isso ajuda a praticar os exercícios da melhor maneira e reduz as chances de lesão.

Kigurumi Brasil - Pijamas e Pantufas