Notícias

  1. Home
  2. /
  3. Imprensa, Notícias
  4. /
  5. Endocrinologistas falam sobre indicação...

Endocrinologistas falam sobre indicação para cirurgia bariátrica no 7o Barilive da SBCBM

Imprensa / Notícias

barilive 7 2Os endocrinologistas Dr. Daniel Lerário e Dra. Melina Chicoli foram os convidados da sétima edição da BARILIVE, que aconteceu na noite desta terça-feira (15), e foi transmitido ao vivo pelo Facebook. O encontro – mediado pelo cirurgião bariátrico e diretor societário da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), Fábio Viegas – abordou os critérios adotados pelos endocrinologistas para indicar a cirurgia bariátrica como alternativa de tratamento para a obesidade em graus mais avançados. Pelo menos 5 mil pessoas visualizaram o debate, que alcançou mais 45 mil internautas.

Lerário foi o fundador do Ambulatório de Obesidade da Escola Paulista de Medicina, do Hospital São Paulo, em 1999, e é editor do suplemento de obesidade da Revista de Obesidade do Hospital Albert Einstein, hospital de onde é endocrinologista de referência. Já Dra. Melina é professora colaboradora do Programa de Residência Médica em Endocrinologia e Metabologia do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina do ABC.

O tema “Quando o Endocrinologista Indica a Cirurgia Bariátrica?” foi proposto pelo Núcleo de Especialidades da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM), formado por endocrinologistas, enfermeiros, anestesistas, cardiologistas, clínicos gerais, entre outras especialidades, que contribuem para o sucesso da cirurgia bariátrica.

O papel do endocrinologista na perda de peso do paciente obeso, os critérios adotados pelos endocrinologistas para encaminhar o paciente para a cirurgia, o tratamento clínico para obesidade e a importância da equipe multidisciplinar em todo esse processo foram alguns dos assuntos abordados durante o debate.

Lerário destacou que a obesidade é uma doença que tem influência de dois componentes básicos: genética familiar e questões ambientais, numa referência às características herdadas da família – a “tendência à obesidade” – associada ao comportamento alimentar irregular, sedentarismo e outros agravantes externos. “A obesidade envolve fatores como estilo de vida e a predisposição, que é herdada da família”, comentou.

De acordo com Lerário, a cirurgia bariátrica é a opção de tratamento para a obesidade: nos casos de pacientes que já recorreram a todos os tratamentos clínicos possíveis e não tiveram sucesso e pacientes com Índice de Massa Corporal (IMC) acima de 35 g/m2 – para pacientes que apresentam outras doenças associadas – ou acima de 40 kg/m2 -independentemente de comorbidades. “É um conjunto de fatores que mostra que a pessoa já tentou todas as alternativas possíveis”, reiterou.

Melina enfatizou que a obesidade pode ser fatal a uma pessoa porque, na maioria das vezes, está associada a outras doenças como hipertensão, diabetes, colesterol alto, gordura no fígado, entre outros agravantes. “Todos esses problemas roubam anos de vida dos pacientes e, por isso, a obesidade é uma doença que precisa de tratamento”, salientou.

Proposta

A BARILIVE é uma nova proposta da diretoria da Sociedade e tem como objetivo promover o debate sobre temas de interesse dos especialistas, pacientes e do público em geral que quer esclarecer dúvidas sobre assuntos relativos à obesidade e à cirurgia bariátrica.

O tema da próxima semana – 12 de agosto – será “A importância dos Exercícios Físicos no Pós-Operatório”, sob a coordenação do Núcleo de Saúde Física.

 

Segunda à Sexta | Rua Maestro Cardim, 560 - cj. 165 - CEP 01323-000 | São Paulo SP
Whatsapp: 11 9.9477.9049| T + 55 11 3284 6951 | 11 3284 8298 | contato@sbcbm.org.br

Mapa do site

Acessar