Blog

  1. Home
  2. /
  3. COESAS, Enfermagem, Multidisciplinar, Notícias
  4. /
  5. Enfermagem: uma ponte sempre...

Enfermagem: uma ponte sempre aberta entre o paciente e a equipe multidisciplinar

COESAS / Enfermagem / Multidisciplinar / Notícias

 

Uma equipe multidisciplinar cirurgia bariátrica de referência deve contar com diversos profissionais para que o tratamento contra a obesidade tenha os melhores resultados possíveis (saiba mais sobre as especialidades associadas aqui). Entre eles está o enfermeiro, fundamental por servir como ligação entre o paciente e toda a equipe multidisciplinar.

 

“O enfermeiro pode atuar em todos as etapas do processo da cirurgia bariátrica, podendo exercer diversas funções com o paciente, equipe de enfermagem e equipe multidisciplinar”, comenta Charel Matos, enfermeira e presidente na gestão 2015/2016 do capítulo Rio Grande do Sul da Comissão de Especialidades Associadas (COESAS) da SBCBM.

 

Entre as atribuições dos profissionais de enfermagem que atuam em equipes de cirurgia bariátrica é a realização de consultas para auxiliar a preparação do paciente. “Isso vai desde orientações sobre o que levar de roupa e material de higiene para o hospital, até realização dos exames solicitados pelo médico, atividades pré-operatórias indicadas pela fisioterapia e dieta pré-operatória solicitada pela nutricionista”, explica a enfermeira.

 

A equipe de enfermagem também é responsável por receber o paciente na sala de cirurgia, garantindo que a sala esteja preparada e todo o material cirúrgico à disposição. A prevenção de úlceras por pressão é outra tarefa importante, assim como o correto posicionamento do paciente na mesa cirúrgica e a colocação de botas de retorno venoso, usadas para evitar casos de trombose venosa profunda.

 

“O enfermeiro gerencia a equipe de técnicos de enfermagem que estará atuando junto à equipe médica”, afirma Charel.
Durante o pós-operatório a equipe de enfermagem é importante para evitar e atender eventuais complicações cirúrgicas. O controle da dor, o incentivo aos primeiros passos após o procedimento (deambulação) e a promoção do autocuidado também estão entre as atribuições do enfermeiro nesta fase do tratamento.

 

“Umas das formas de conseguir fazer a adesão do paciente no retorno à equipe é a formação dos grupos de apoio. Nos grupos podemos conhecer melhor os pacientes e suas dificuldades, assim podemos abordar posteriormente de forma individual às necessidades de cada um”, explica a enfermeira integrante de COESAS.

 

Entenda melhor o papel de cada especialidade associada aqui.

Foto: Pressphoto/Freepik

Kigurumi Brasil - Pijamas e Pantufas