Notícias

  1. Home
  2. /
  3. Notícias, Pesquisas
  4. /
  5. Número de crianças obesas...

Número de crianças obesas pode chegar a 75 milhões em 2025

Notícias / Pesquisas

A Organização Mundial da Saúde – OMS divulgou um informe preocupante: até 2025 obesidade pode atingir 75 milhões de crianças ao redor do mundo se a doença não for combatida. A taxa de crescimento é maior do que a registrada em 1990, quando a obesidade afetava 31 milhões de crianças. Em 2012 o número era de 44 milhões.

Por isso, a OMS criou a Comissão pelo Fim da Obesidade Infantil. “Crianças obesas se tornarão adultos obesos, que sofrerão de diabetes, doenças cardiovasculares, câncer e outros problemas de saúde. As pessoas precisam compreender que crianças não são pequenos adultos. Por isso, é necessário criar estratégias diferentes das usadas para combater o problema entre adultos”, explicou o presidente da Comissão, Peter Gluckman.

Consciência sobre alimentação saudável deve ser iniciada desde cedo.

Consciência sobre alimentação saudável deve ser iniciada desde cedo.

A iniciativa reflete uma mudança de estilo de vida nos países em desenvolvimento, que levou a uma alimentação não balanceada, pouca atividade física e consumo prejudicial de álcool e também de tabaco. Antes, as doenças comunicáveis ou infecciosas eram o principal problema de saúde nestas regiões. Neste novo cenário, as doenças não comunicáveis, como doenças cardiovasculares, diabetes e câncer, passaram a ser o foco dos esforços de saúde.

O objetivo da Comissão pelo Fim da Obesidade Infantil é melhorar a condição de saúde de mulheres, mães e garotas antes que elas engravidem. “Queremos otimizar as condições de gestação. Promover a boa amamentação e bons hábitos na hora do desmame, coisas que se perderam, principalmente no Ocidente”, afirma o presidente da comissão. “Também é preciso se preocupar com o ambiente, reforçando que há diversas formas para incentivar um estilo de alimentação saudável em pessoas jovens”, conclui o Gluckman.

As informações divulgadas pela OMS ressaltam a importância de educar as crianças para levar um estilo de vida saudável. Praticar exercícios e ter uma alimentação consciente deve ser prioridade desde cedo.

Com informações do Bariatric News. Leia a matéria completa aqui (em inglês).

Crédito da foto: malias via Compfight cc