Blog

  1. Home
  2. /
  3. COESAS, Exercício, Imprensa, Institucional, Notícias
  4. /
  5. Pesquisa utiliza pedômetro para...

Pesquisa utiliza pedômetro para auxiliar na perda de peso de candidatos à cirurgia bariátrica

COESAS / Exercício / Imprensa / Institucional / Notícias

 

De acordo com resultados prévios o uso do aparelho eletrônico que conta os passos aponta que a população obesa dá em média menos de mil passos por dia; participantes do estudo que intensificaram atividades relatam melhorias na qualidade do sono, sensação de fadiga, imagem corporal e qualidade de vida

Incentivar os pacientes candidatos à cirurgia bariátrica a aumentarem seus níveis de atividade física é o objetivo da pesquisa feita com postulantes da fila do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco. Para isso, alguns pacientes receberam um aparelho eletrônico chamado de pedômetro, que conta os passos dados em movimentos básicos com atividades de vida diária, que são utilizados para medir o nível de atividade física dos pacientes.

O incentivo à mudança de pequenos hábitos se deu por identificar que, devido a comprometimentos na mobilidade, alguns pacientes se queixam em realizar vinte ou trinta minutos de caminhada.

“A pesquisa aponta que a população obesa dá em média menos de mil passos por dia, enquanto o número recomendado para jovens adultos é de 8 mil a 10 mil passos dependendo da estatura de cada paciente. São recomendados 150 minutos semanais de atividade aeróbia moderada ou 75 minutos de atividade aeróbia vigorosa. Para conter mais benefícios o fortalecimento muscular pode ser realizado nos demais dias da semana em grandes grupos musculares de acordo com a OMS”, explica o profissional de educação física e idealizador da pesquisa, Bruno Barreto, que é mestrando do programa de pós-graduação em cirurgia pela UFPE e membro da COESAS – SBCBM (Comissão de Especialidades Associadas da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica).

Com orientação do Dr. Josemberg Campos, presidente da SBCBM, e o título ”A influência da atividade física na qualidade de vida e autoimagem de pacientes candidatos à cirurgia bariátrica”, a pesquisa acompanhou três grupos distintos durante três meses cada. O primeiro, com 31 pacientes, respondeu um questionário sobre qualidade de vida e imagem corporal. O segundo, também com 31 pacientes, recebeu acompanhamento nutricional e psicológico, enquanto o terceiro grupo, em andamento, com 6 pacientes, recebeu o pedômetro e acompanhamento de nutricionista, psicóloga, assistente social e enfermeira.

“O aumento na quantidade de passos por dia já tem demonstrado bons resultados. O simples fato de percorrer pequenas distâncias a pé ou simplesmente realizar atividades domésticas que anteriormente eram evitadas já traz uma melhora na qualidade de vida desses pacientes, que relatam melhorias na qualidade do sono, sensação da fadiga periférica e principalmente na imagem corporal e qualidade de vida”, revela Bruno Barreto.

Sobre a SBCBM
A SBCBM – Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica foi fundada em 1996. Inicialmente batizada como SBCB – Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica, em 2006 a entidade inseriu a palavra “Metabólica” em seu nome, devido à crescente importância da cirurgia metabólica na comunidade médica.

Possui atualmente mais de 1,6 mil associados entre cirurgiões e especialidades relacionadas (endocrinologista, cardiologista, educadores físicos, cirurgiões plásticos, fisioterapia, enfermagem, odontologia, fonoaudiologia, nutricionista e nutrólogo e psiquiatra e psicólogo) com representantes no país por meio de capítulos e delegacias.

Informações para imprensa:

Target Estratégia em Comunicação
Fone: (11) 3063-0477
Diego Cordeiro – diego@targetsp.com.br
Italo Genovesi – italo@targetsp.com.br

Foto via Pixabay / CC0 1.0