1. Home
  2. /
  3. Notícias, Notícias Destaque
  4. /
  5. Prática de exercícios físicos...

Prática de exercícios físicos evita complicações na bariátrica

Notícias / Notícias Destaque

A exercício físico é um dos pilares no tratamento e prevenção da obesidade. A prática é necessária tanto no pré quanto no pós-operatório da cirurgia bariátrica para diminuir o risco de complicações, criar massa magra evitar a recidiva da obesidade.

O XX Congresso de Cirurgia Bariátrica e Metabólica reuniu educadores físicos e fisioterapeutas no Núcleo de Saúde Física, nesta sexta-feira (17), para debater a prática de atividades físicas entre pacientes bariátricos.

Muitos afirmam que não gostam de exercícios físicos. De acordo com a educadora física Cristina Aquino, a atividade é natural para toda criança e o profissional deve identificar porque a pessoa deixou de gostar. “Ele tem vergonha? Teve más experiências no passado? Foi colocado uma expectativa muito alta de emagrecimento? Levou uma bolada no basquete?”, questiona.

Os especialistas precisam conhecer o paciente de forma interdisciplinar para apresentar a solução para cada caso. “Conseguimos resolver problemas como a falta de tempo com uma organização adequada, colocando uma atividade física ou outra nos momentos que ele tem disponível. É necessário tirar o mito que a atividade física tem que ser no mínimo 30 minutos. Isso é para a população em geral. A partir do momento que temos uma equipe, um educador físico conhecendo o indivíduo, suas necessidades, o dia a dia, vai colocar a atividade que fecha melhor com o perfil do paciente e, se necessário, pode ser mais rápida”, explicou.

Os exercícios precisam ser indicados de acordo com a necessidade do paciente. “Colocamos algum exercício que ele goste e, junto, exercícios que ele precisa para corrigir alterações. E preciso evitar determinados exercícios para que o paciente não tenha lesão durante a atividade física”, explica a fisioterapeuta Raphaela Pontes Marques.

Nos dois primeiros anos após a cirurgia bariátrica o paciente vai emagrecer automaticamente. Nesse período os exercícios são importantes para o ganho de massa muscular e para acelerar o gasto calórico. “Normalmente os pacientes obesos já têm alterações posturais e isso, só com o emagrecimento, não resolve. Fazemos uma avaliação postural, onde é possível identificar quais são essas alterações e corrigir através de exercícios específicos”, afirma Raphaela.

Para que haja funcionalidade do corpo também podem ser necessários exercícios de equilíbrio e alongamento, entre outros.

Complicações

A fisioterapeuta Isabel Franco Lopes afirma que avaliar a função cardiorrespiratória é muito importante no pré-cirúrgico. “É preocupante a alteração da mecânica ventilatória causada pelo excesso de gordura corporal no tórax, principalmente na base pulmonar, e essa condição pode ser agravada pela anestesia geral, intubação e insuflação de gás carbônico, comum na cirurgia videolaparoscópica. Nosso trabalho visa prevenir complicações como pneumonia, trombose, derrame pleural, atelectasias, embolia pulmonar.” Alerta

Tempo de treino

É importante que o paciente comece a se exercitar antes da cirurgia bariátrica. As atividades físicas reduzem o risco de complicações e adaptam o paciente para a mudança de hábitos necessária. “Quanto maior o tempo que eu tenha no pré-cirúrgico, melhor. Se o paciente tiver duas semanas antes da cirurgia já é interessante do ponto de vista de diminuição de risco, principalmente na parte cardiorrespiratória. Se eu tenho três meses antes eu consigo trabalhar, por exemplo, um ganho de massa muscular e dar créditos a ele, porque sabemos que vai perder. Também consigo melhorar o sistema cardiorrespiratório, flexibilidade e postura”, explicou Cristina.