SBCBM promove I Simpósio Centro-Oeste de Cirurgia Bariátrica e Metabólica

Notícias / Notícias Associados / Notícias Destaque

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM) promoveu, nesta sexta-feira e sábado (4 e 5), o I Simpósio Centro-Oeste de Cirurgia Bariátrica e Metabólica. O evento, organizado pelo Capítulo de Goiás, contou com mais de 150 participantes, entre profissionais de equipes multidisciplinares, cirurgiões, cardiologistas e  endocrinologistas que atuam no tratamento da obesidade e do Diabetes Tipo 2.

No primeiro dia, a programação pré-simpósio recebeu a Comissão de Especialidades Associadas (Coesas) para debater a contribuição da equipe multiprofissional para cirurgia bariátrica e metabólica segura. Foram abordados temas como transtornos psicológicos, tratamento de deficiências nutricionais, adaptação alimentar, Síndrome da Hipoventilação Alveolar da Obesidade e a recidiva da doença.

No painel principal, o Simpósio foi aberto com o papel da cirurgia metabólica no tratamento do diabetes, com participação do presidente da SBCBM, Dr. Marcos Leão Vilas Bôas, seguido pelos ex-presidentes, Caetano Marchesini e Luiz Vicente Berti .

Também estiveram presentes o presidente do Capítulo do Distrito Federal, Luiz Fernando Córdova; o presidente do capítulo do Mato Grosso do Sul, cirurgião Wilson de Barros Cantero; presidente do Capítulo do Mato Grosso, Juliano Canavarros, cirurgião Nilton Kawahara, cirurgiã Ana Carolina Fernandes, a psicóloga, Andrea Levy, entre outros palestrantes.

O presidente da SBCBM, Marcos Leão Vilas Boas, valorizou a realização de eventos regionais para debater a cirurgia bariátrica e metabólica de forma mais abrangente.

“Um evento excepcional, aonde abordamos temas como a segurança, atuação da equipe multidisciplinar e técnicas cirúrgicas em diferentes tipos de pacientes. A importância da cirurgia metabólica, de ampliarmos a sua indicação e de caminharmos juntos neste sentido também foi destaque no Simpósio”, comenta Marcos Leão.

AVALIAÇÃO – Durante o evento foi realizada uma pesquisa de satisfação com os profissionais presentes, que deram nota 9.4 ao Simpósio. Os profissionais também responderam a questões como, por exemplo, quantos pacientes fazem o acompanhamento regular no primeiro ano, volume de atendimentos por planos de saúde, tempo de trabalho dedicado aos obesos, se falta informação para o paciente, entre outros temas.

O presidente do Capítulo de Goiás, Leonardo Sebba, disse que o resultado do Simpósio foi extremamente positivo para unir profissionais que atuam no tratamento da obesidade  na região em busca de atualização científica e atuação integrada.

“A satisfação dos participantes nos motivou a já pensarmos na segunda edição do Simpósio do Centro Oeste. Desta vez, em Brasília”, adiantou Sebba.

 

 

Programação – O segundo painel de sexta-feira abordou a cirurgia bariátrica em situações especiais, como a cirurgia em adolescentes, a cirurgia revisional, a cirurgia em super obesos, a necessidade de novas técnicas e o uso da gastroplastia endoscópica no tratamento da obesidade.

 

Para o presidente do Capítulo do DF, Luiz Fernando Córdova, o Simpósio deve virar uma tradição dentro da SBCBM. “Foi uma excelente oportunidade de interação para os profissionais e fortalecimento para os profissionais do Centro-Oeste”, disse.

No sábado, a programação foi aberta com o tema  otimização de resultados e a cirurgia bariátrica segura. A discussão aborda o papel do protocolo ERAS, como identificar e tratar anemias, a importância do desvio intestinal na cirurgia bariátrica, a teoria e a prática da suplementação alimentar, litíase biliar e um painel de vídeos.

Já a segunda palestra tem como tema as urgências no paciente bariátrico e metabólico e o que todos os médicos deveriam saber, como a anatomia básica das principais cirurgias, entre outros tópicos.

 

Confira a programação completa [http://www.congressoseventos.com.br/sbcbm/_programacao/31.pdf]