Cirurgia

  1. Home
  2. /
  3. Educação Física

Educação Física

shutterstock_506739523 copy

Sim. A prática de educação física no pré-cirúrgico, dentre outros benefícios, melhora a aptidão cardiorrespiratória, pode reduzir o risco de complicações cirúrgicas, facilita a cicatrização e melhora a recuperação pós-operatória. Além disso, iniciar o processo de mudança de estilo de vida no pré-operatório é fundamental. Importante a equipe cirúrgica avaliar o seu quadro clínico. Doenças cardiovasculares, osteoartrite, lombalgias e outras, não contra indicam a prática de exercícios físicos, apenas restrigem algumas modalidades.

Dentre outros benefícios o exercício:

  • Auxilia na redução de peso, preserva a massa magra e auxilia na redução da dor.
  • Reduz a pressão arterial e o risco de eventos cardiovasculares, como infarto, AVC, etc…
  • Reduz as taxas de colesterol, triglicerídeos, glicose. Aumenta o HDL-colesterol, que é considerado o “bom colesterol”.
  • Melhora o condicionamento físico, a mobilidade, a qualidade de vida e o sono.
  • Reduz risco de complicações cirúrgicas e de peso pós-cirurgia bariátrica
  • Promove uma melhor recuperação pós-operatória.

O programa de exercícios físicos deve iniciar de forma gradativa e respeitando os limites de cada um. Pequenas quantidades de exercícios já promovem benefícios.

Procure se movimentar ao longo do dia. Inicie caminhando de 5 a 10 minutos várias vezes ao dia e respeite a dor no seu corpo. Ao sentir dor faça um pouco menos de exercício, mas não deixe de fazê-los. Aos poucos seu corpo irá se adaptando e sentirá muito prazer ao realizar exercícios.

Orientação com professor de educação física é fundamental!

Você pode caminhar 30 minutos ou 3 vezes de 10 minutos. Ambas as formas serão benéficas para sua saúde. Transformar o seu dia a dia mais ativo é fundamental! Procure descer um ponto antes do ônibus ou não estacionar seu carro muito próximo ao local onde deseja ir, transforme o seu lazer em momentos ativos e felizes, envolva as pessoas do seu convívio neste seu novo estilo de vida.

O programa de exercícios deve ser abrangente, incluir atividades que melhorem a função cardiorrespiratória, a resistência física, a flexibilidade e a função neuromotora. Sentir prazer ao realizar exercícios fará com que consiga levar adiante a nova proposta de vida. Encontre uma forma de fazê-los. Os centros de saúde oferecem diferentes formas para se exercitar: hidroginástica, natação, musculação, treinamento funcional, caminhadas, ginástica, etc.

O importante é a orientação adequada que leve em consideração a sua idade, peso, condição física e seu gosto pessoal. Por isso, a orientação de um professor de educação física qualificado e que tenha conhecimento para orientar pacientes pré e pós-cirurgia bariátrica é importante.

Sim. Alongamentos melhoram a mobilidade e auxiliam na redução da dor.

Existem inúmeras maneiras de se praticar exercícios físicos, verifique junto ao posto de saúde (UBS) da sua região, parques, praças, clubes, pequenos estúdios de treinamento funcional e pilates ou contrate um personal trainer para atendê-lo na sua residência ou em outros centros esportivos. Pergunte a sua equipe e peça auxílio na indicação de profissionais de educação física para melhor orientá-lo. Os exercícios também podem ser realizados ao ar livre. Não sinta vergonha por estar se exercitando. Fazer exercícios físicos é bom e saudável para qualquer pessoa.

O tempo será avaliado pelo seu médico, que levará em consideração o procedimento cirúrgico. As cirurgias realizadas por videolaparoscopia favorecem o paciente para o retorno a atividade física. As cirurgias “abertas” demoram um pouco mais para o retorno, mas exercícios como a caminhada podem ser realizados, de uma forma geral,  ainda no primeiro mês neste tipo de procedimento. Por isso, também, a importância da prática de exercícios físicos no pré-operatório. Isso fará com que o retorno às atividades seja mais rápido.

A cirurgia promove uma grande redução de gordura, mas também considerável perda de massa muscular. O músculo é fundamental para a boa postura, para o aumento da taxa metabólica basal e está envolvido em vários processos importantes para a saúde, tais como o sistema imunológico.  Além disso, a prática de exercícios físicos no pós-operatório está associada a uma menor chance de aumento de peso e numa melhora da composição corporal (massa muscular x gordura). Atividades físicas que envolvem treinamento de força são importantes, tais como a musculação, os treinamentos funcionais, dentre outros.

Deve-se analisar caso a caso: quem é o indivíduo e qual é o esporte? Alguns cuidados precisam ser observados: o peso deve ser adequado a modalidade esportiva, a massa muscular deve ter sido recuperada e estar com sistema cardiorrespiratório apto. Além disso, é necessário avaliar se existem lesões que comprometam a prática deste esporte.

Para sempre. O corpo humano foi feito para o movimento. Mecanismos fundamentais a nossa existência são ativados quando realizamos atividades físicas. Movimente-se ao longo do dia com atividades de trabalho, deslocamento ou lazer. Procure subir escadas, passear, com seu animal de estimação, arrume a casa, use a caminhada para seus deslocamentos diários e procure orientação para que possa fazer um exercício de forma sistemática para que melhore cada vez mais a sua condição física.